Arquivo da tag: favela

Eu sabia que já tinha visto esta favela pegar fogo antes! (com atualização)

Quando bati os olhos no google Terra no endereço indicado na matéria sobre o incêndio em uma favela de São Paulo neste final de semana, imediatamente reconheci a cena. Sabia que já tinha visto outro incêndio naquela favela. Curiosamente o endereço na matéria anterior (2012) é o da rua menos conhecida – R Xavier Golveia.

O incêndio anterior que desabrigou mais de 1.000 pessoas foi no dia 03 de setembro de 2012.

O incêndio atual ocorre pois exatamente dois anos depois, no mesmo início de setembro, e desabriga também mais de 1.000 pessoas (na verdade, segundo a matéria mais de 600 famílias).

O coordenador municipal da defesa civil da Prefeitura de São Paulo desde agosto (2014) não é mais o cel. Jair Paca, mas o engenheiro Milton Roberto Persoli.

Aguardemos que os incêndios de São Paulo não sejam explicados como obras da combustão espontânea, como antes era feito. O cel Jair Paca ficou conhecido aqui neste blog pela constante sonegação de informações à CPI dos incêndios em favelas… aquela CPI de fachada que não queria investigar nada e que na prática, nunca se reuniu de fato.

favela incêndio 2014 01

.

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/09/haddad-diz-que-pretende-desapropriar-area-incendiada-e-erguer-500-moradias.html

“Nós ontem tomamos uma decisão. Aquele terreno, onde houve o incêndio, nós pretendemos desapropriar para construir 500 unidades habitacionais”, declarou.  “E [vamos] oferecer para as famílias que foram afetadas pelo incêndio o bolsa aluguel até que a obra fique pronta”.

Segundo Haddad, a obra deve durar entre 18 e 24 meses, mesmo período em que as famílias podem receber o auxílio aluguel. O prefeito quer “fazer um pacto” com os moradores para evitar que a área seja novamente ocupada. “Nós estamos levando hoje para a comunidade essa proposta para que eles não reocupem e aguardem a construção”, disse.”

Anúncios

São Paulo: 23ª favela incendiada em 2012 – tragédia na favela de Humaitá

http://oglobo.globo.com/pais/incendio-em-favela-de-sao-paulo-destroi-100-barracos-5602345

É triste verificar que mais uma favela – agora a favela de Humaitá – sofre com um incêndio que vitima aproximadamente 400 pessoas.

Cidadãos que perderam tudo e agora ficam sem local para morar e com seu cotidiano totalmente alterado.

E muito triste saber que uma CPI foi instalada na Câmara Municipal de São Paulo, mas que é uma CPI de mentirinha. Seus membros não se reuniram nunca. Não chegaram a realizar uma audiência sequer.

Não há relator. Não há vice-presidente. Não houve audiência. NUNCA HOUVE QUÓRUM.Somente este ano 23 (vinte e três) favelas incendiadas e a forte suspeita de que resultam da especulação imobiliária e de um movimento de higienização da grande São Paulo. Uma tentativa de expulsar parte da comunidade de áreas “nobres”.

Favelas incendiadas e uma CPI da qual não se tem notícia…

A Câmara de Vereadores da cidade de São Paulo realiza uma CPI, instalada desde o dia 11 de abril, porém não se tem notícia da mesma. Enquanto isto mais um incêndio na capital, agora na Av. Raimundo Pereira de Magalhães (nº1.200) no Bairro Pirituba, próximo à Marginal Tietê. (05 de maio de 2012 – final de semana).

Outra notícia recente, foi dada pela CBN, relativa à detenção de um homem suspeito de atear fogo em barracos de uma favela em Carapicuíba. A detenção foi durante ato de reintegração de posse. Esta favela já foi alvo de uma publicação deste blog PIG em 22 de março (2012)

https://partidodaimprensagolpista.wordpress.com/2012/03/22/favela-veloso-carapicuiba-grande-sao-paulo-06-de-marco-de-2011/

Este slideshow necessita de JavaScript.

Stanley Burburinho já alerta a muito tempo: Incêndios em favelas ou Favelas Incendiadas?

FAVELA DO AREIÃO – AQUI, AQUI E AQUI.

https://partidodaimprensagolpista.wordpress.com/2012/03/04/zeis-favelas-incendiadas-2012-em-sao-paulo/

“as Zonas Especiais de Interesse Social (Zeis), previstas no Estatuto, corrigiriam isso:

 – O terreno só poderia ser usado para a construção de determinado imóvel, que seria vendido por um preço determinado para moradores de determinada faixa de renda.”

http://paulosuess.blogspot.com/2011/12/um-natal-de-calamidade-habitacional.html

Um slideshow… com algumas orientações e dados:

http://www.slideshare.net/MonicaKofler/produo-habitacional-no-brasil-politicas-e-programas