Arquivo do mês: dezembro 2012

Imagem

II. Desejo em 2013

Quilombo Rio dos Macacos

Imagem

I. Desejo em 2013

Desejo para 2013A questão das favelas incendiadas vai além dos incêndios em si, mas apresenta-se como urgência em atender a necessidade de milhões de pessoas em termos de moradia digna. É a questão também dos sem teto.

 

Obrigado a todos por este ano de 2012

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2012 deste blog.

Aqui está um resumo:

19,000 people fit into the new Barclays Center to see Jay-Z perform. This blog was viewed about 59.000 times in 2012. If it were a concert at the Barclays Center, it would take about 3 sold-out performances for that many people to see it.

Clique aqui para ver o relatório completo

Simon Wiesenthal 3rd Latuff

Latuff

O cartunista brasileiro e colaborador do Opera Mundi Carlos Latuff respondeu também por meio de uma charge ao ranking dos “10 maiores antissemitas” ao redor do mundo feito pela organização Simon Wiesenthal e divulgado nesta quinta-feira (27/12). Latuff aparece na terceira posição na lista de 2012 por conta de suas charges críticas à operação Pilar Defensivo, mais recente investida militar israelense na Faixa de Gaza.

Conhecido internacionalmente por suas charges, o artista se aproximou da luta palestina no final dos anos 1990, quando viajou ao país e, desde então, imprime críticas à política israelense. No ranking, Latuff aparece depois da Irmandade Muçulmana do Egito e do líder iraniano Mahmoud Ahmadinejad, e à frente ee torcidas organizadas e partidos políticos neonazistas.

Ele criticou a lista feita pela organização. “Crítica ou mesmo ataque a entidade política chamada Israel não é ódio aos judeus porque o governo israelense não representa o povo judeu, assim como nenhum governo representa a totalidade de seu povo”, escreveu.

http://operamundi.uol.com.br/conteudo/opiniao/26300/chargista+brasileiro+responde+ao+ranking+dos+10+maiores+antissemitas+do+mundo.shtml

Imagem

Chimera

quimera

Lattuf na lista de caçador de nazista

Lattuf israel

A mesma ONG israelense que já afirmou que o PT é cúmplice do nazismo, quando o PT classificou a ofensiva contra a Palestina de Terrorismo de Estado (aqui), agora coloca Lattuf como um do principais antissemitas do mundo. Isto porque o cartunista denuncia os horrores patrocinadas e realizados por Israel contra vários povos, especialmente os palestinos.

Benjamin Netanyahu

O rabino estaudinense Marvin Hier já havia classificado Lattuf como “quase pior que antissemita”, devido a uma charge em que retrata o primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu torcendo uma criança palestina morta, que por sua vez verte votos em uma urna. (aqui)

Segundo o Wikipedia “a organização leva o nome do mais conhecido “caçador de nazistas“, Simon Wiesenthal, que detectou várias pessoas que estiveram envolvidas aos crimes do nacional-socialismo levando-as à justiça. O Centro é guiado pelo rabino Marvin Hier, decano e fundador do mesmo, tendo como co-fundador o rabi Abraham Cooper e como atual administrador Meyer May.”

 

Imagem

MST

mst