Pannunzio defende Policarpo

Pannunzio em seu blog analisa o comportamento do BlogProg (para ele BESTA) no tratamento de jornalista da Veja.

Pannunzio acredita em BESTA, mas não acredita em PIG.

Pannunzio acredita no PIG, mas não acredita na BESTA.

Pannunzio,muitos leitores incautos acreditavam-se bem informados lendo a Veja e atônitos se encontram ao descobrir (o que a BrogProg já sabia e discutia a anos) que quadrilhas haviam tomado aquela publicação (o que não é de agora). A BrogProg já tinha evidências suficiente para perceber isto – a máfia da mídia – a bastante tempo, mesmo antes da existência da própria internet. E com o surgimento deste novo espaço de comunicação foi possível difundir esta percepção. O termo PIG, criado na rede social, conceitua perfeitamente esta máfia e só foi assimilado porque o fenômeno já era percebido, faltava apenas a denominação.

Uma característica do PIG é tentar gerar confusão em torno de problemas como a corrupção para impedir que se detecte a verdade. Nisto, estas sua postagem te coloca como membro deste PIG. Ao misturar a questão que envolve Cachoeira e José Dirceu, qualificando-os como quadrilhas, você PIGmamente age.

O seu viés reacionário fica também claro, quando expõe visceralmente a frustração de constatar que o as estatais e o Governo não utilizam exclusivamente os “grande veículos e blogues a eles vinculados (o seu?)”, esbravejando contra o patrocínio de CEF, Petrobrás, Correios, Banco do Brasil e outros aos blogues como o de Paulo Henrique Amorim. Tenta fazer parecer que é irregular, e chega ao cúmulo de afirmar que descobriu o financiamento oficial dos blogues. Ora, se a campanha publicitária está lá, é porque há financiamento. Ou você acha que o PHA iria colocar propaganda de graça pra estas Estatais? Não adianta espernear. Se você descobriu alguma irregularidade, aponte. Não seja omisso. APONTE. Caso não tenha descoberto, não aja desta forma (alguns chamam de má-fé. É o que me parece. Outra característica do PIG).

Quanto ao caso Policarpo, você tem certeza que está analisando corretamente? Não me parece. De qualquer forma, considerando a análise realizada por Nassif, suas (de Pannunzio) conclusões naufragam. ARGUMENTE com Nassif. O texto dele está disponível para isto. E é uma longa série, o relativo à Veja.

Você refere-se a encontro entre políticos em hotéis de Brasília como algo estranho. Observe que se refere inclusive a políticos de um mesmo partido político, ou de partidos aliados. Ora, que tipo de análise é esta? É óbvio que políticos se encontram, em apartamentos, casas, festas, hotéis, gabinetes para tratar de políticas, inclusive partidária. Classificar isto de quadrilha é bobo. E, por outro lado, tratar com normalidade a arapongagem do Hotel Naum é revelador.

Você acusa a existência de “um time que ataca o jornalismo formal” de está comprometido com um lado do problema. Ora é isto mesmo, a blogosfera progressista está comprometida com o Brasil e não vai parar de atacar mesmo este PARTIDO DA IMPRENSA GOLPISTA que você chama de jornalismo formal. Forma de quê?

Você acusa a Blogprog de ser uma claque chefiada por PHA. Vê-se que não consegue sair da frente do espelho. Nem todo mundo segue os mesmos princípios. Não a BlogProg não tem chefe. Eu já te disse, e volto a repetir, os conselhos de a Arte da Guerra – conheça o inimigo. Vocês do PIG precisam conhecer a BlogProg, do contrário, vão continuar sendo desmoralizados. Vocês partem de princípios venais equivocados. Não, não nos guiam os mesmos valores.

O que você chama de BESTA é um movimento forte dado a sua alta entropia, própria dos movimentos sociais. É a segunda lei da termodinâmica derrotando as pífias instituições vassalas. Não plantamos nem inventamos notícias, isto nós deixamos com o “jornalismo formal” do PIG.

Em relação ao caso Heraldo, novamente, percebe-se aqui uma construção anedótica da realidade. Que infantilidade, Pannunzio. Você realmente acredita que alguém consideraria este roteiro sério. São duas coisas totalmente isoladas. Uma,  o fato de que pode sim Haroldo está vinculado a um instituição de Gilmar Mendes como foi discutido por Cloaca News e por outros. Outro fato, restrito à PHA é o de seu deslize arrogante que lho custou um processo, resolvido, até agora em parte, de forma acordada. Então, não cabe esta trama dramática aí não.

Nós, por fim, fazemos ao menos uma coisa em comum, sugerimos aos leitores:

“Ao leitor, antes de entrar em desespero com tantas versões antagônicas sobre os mesmos fatos políticos, recomendo que façam uma triagem dessas fontes de informação. Antes de elaborar juízos de valor a partir do que se escreve, é preciso saber quem escreve e com que propósitos escreve.

Só assim será possível separar o joio da imprensa de aluguel do trigo da informação genuína.”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s