Periquito faz, papagaio leva a fama… mas pode ser crime

Assim, que fui aprovado em concurso do PSF em 2007, fui assumir minha vaga na prefeitura e descobri que já trabalhava há dois anos no PSF. Como?

Um indivíduo, também cirurgião-dentista, em acordo com o secretário de saúde do município, e de posse do número de meu CPF e CRO e sabendo que eu não trabalhava em nenhum cargo público, se valeu disto e se passava por mim.

Recebia os salários como se fora eu. Não sei se algum dia também foi trabalhar lá no posto.

Eu sei de muitos profissionais que passam em concurso público, assumem, mas não pisam lá… contratam outro para ir no seu lugar. Este outro faz o trabalho e depois dividem o salário. Entre estes, dentistas, médicos, veterinários e outros.

http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1079400-cirurgioes-dubles-contratam-colegas-para-operar-em-seu-lugar.shtml

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s