Quando o PIG começa a analisar(-se)

FIZ ESTA POSTAGEM em novembro de 2010, agora vejo que não estava errado em detectar este movimento. No Blog da Cidadania, Edu detecta o fenômeno.

Para ler o artigo de Paulo Moreira Leite acesse:

http://colunas.epoca.globo.com/paulomoreiraleite/2010/11/03/2014-e-o-fantasma-necessario-da-oposicao/

TRECHOS:

Dilma sempre viveu em gabinetes, fez projetos, dirigiu equipes e definiu prioridades. Tem  capacidade para discutir idéias, cultivou o hábito de fazer discussões acaloradas e gosta de testar argumentos.”

“O que quero dizer é que ela tem mais preparo para governar do que para ganhar votos. Está mais à vontade nessas tarefas.”

“O problema da visão sobre 2014 é que ela representa a continuidade do mesmo erro que a oposição cometeu em 2010, numa campanha onde acabou derrotada por 12 mihões de votos.”

“Num esforço para diminuir a candidatura de Dilma, minimizar eventuais competências e a experiência acumulada por quem passou oito anos como ministra, a oposição insistiu em tratá-la como um simples ventríloquo do presidente, incapaz de formular respostas políticas nem oferecer explicações técnicas com  conhecimento de causa.”

Enfim, vale a pena ler esta análise, que se fosse a regra das análises durante a eleição, teríamos tido a oportunidade de aprofundar questões, pois notar-se-ia a inutilidade de uma oposição burra e a necessidade de uma oposição inteligente.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s